31 agosto 2006

Dicas & Dicas

Polêmica no ar
Ontem assisti ao filme O que Você Faria? (El Metodo), de Marcelo Piñeyro e deixei o cinema bastante (bem) impressionada. Ao contrário do que se pode pensar, esse não é apenas mais um filme sobre as corporações modernas. Mas uma discussão de temas como assédio moral, respeito, valores, competição e outros que permeiam a nossa sociedade e, claro, as corporações.
Ao fim da sessão, é inevitável o papo sobre quem faria o que no lugar dos personagens. Pessoalmente, cheguei a conclusão que seria eliminada já na primeira prova. Afinal, para estar ali, ética é uma palavra que não pode constar do seu vocabulário.
No entanto, o filme é muito bem amarrado e, por isso, fica fácil perceber aqueles momentos em que os candidatos se sujeitam a situações degradantes para "dançar conforme a música", como é o caso da cena em que almoçam uma comida (servida pela empresa) estragada.
Vale a pena assistir o filme e engrossar a discussão sobre nosso padrões éticos. Sua ética está acima de tudo ou o seu emprego está acima de sua ética?
Serviço:
O que parecia ser uma manhã comum em Madri, capital da Espanha, se torna um teste de fogo para seis pessoas. Todos são candidatos a uma vaga numa empresa, que resolve utilizar um método diferente durante o processo de seleção.
Eles são confinados numa sala e, entre as tarefas, precisam descobrir quem é o agente da companhia infiltrado no grupo. Na frente de um computador, interagindo e sendo vigiados constantemente, todos são submetidos a situações extremas até o momento em que estes personagens tão diferentes não suportam mais.
O diretor argentino Marcelo Piñeyro é o mesmo de Plata Quemada, que ganhou o prêmio Goya de Melhor Filme em 2001. Ainda dirigiu Kamtchatka e Cinzas do Paraíso. Seu novo longa, O que Você Faria? participa do Festival de Gramado este ano. O cineasta define o filme como "uma polaróide da sociedade contemporânea".

30 agosto 2006

É Notícia

Somente em 2081 mulheres deverão receber salários iguais aos dos homens
(Fonte: Agência Brasil)
Somente em 2081, mantida a evolução dos últimos dez anos, as mulheres deverão passar a receber salários iguais aos dos homens. A informação consta da publicação “Visão do Desenvolvimento”, divulgada semanalmente pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
A última publicação teve como tema “Mulheres conquistam mercado, mas ganham menos” e foi coordenada pelo economista da Secretaria de Assuntos Econômicos do banco, Antônio Marcos Ambrozio De acordo com o estudo, embora as mulheres estejam cada vez mais ganhando espaço no mercado de trabalho que demanda maior qualificação da mão-de-obra, sua remuneração ainda é comparativamente inferior à que recebem os homens nos postos com o mesmo grau de especificação.
Esta discrepância salarial por sexo verificada nos últimos dez anos favoravelmente aos homens entre os trabalhadores mais escolarizados pode, em princípio, ser explicada pela maior limitação de acesso das mulheres a cargos de chefia ou, mais geralmente, a ocupações bem remuneradas.
No entanto, a boa notícia é que as mulheres vem buscando cada vez maior grau de especialização. “O próprio fato de as mulheres estar tendo um acesso crescente a mais educação e, conseqüentemente, a empregos mais qualificados pode levar a um encurtamento deste diferencial – do tempo de redução da diferença de remuneração entre homens e mulheres”, admite Ambrozio.
O estudo foi elaborado a partir de dados do Cadestro Geral de empregados e Desempregados (Caged) e da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), do Ministério do Trabalho.

Na Prática

Fontes Abertas detalha relacionamento da Bristol-Myers com a imprensa
A Bristol-Myers Squibb (BMS) está lançando a segunda edição do livro Fontes Abertas, que mostra a política de comunicação aberta mantida com os seus diferentes públicos, em especial com a imprensa, estabelecendo um relacionamento de “mão-dupla”.
O livro é o resultado do trabalho de construção de um manual que contribuísse para o trabalho desenvolvido pelos jornalistas na área de saúde. O projeto nasceu há cerca de oito anos, quando foi iniciado o processo de mudança na linha e na política de comunicação da BMS.
Na nova edição, novamente realizada em parceria com a Universidade de São Paulo, Fontes Abertas reforça a mudança no comportamento da BMS de maneira mais abrangente e detalhada. Traz ainda a visão positiva que a empresa tem sobre sua relação com todas as mídias.

28 agosto 2006

Na Prática

Ponto Frio, eventos para os 60 anos
O Ponto Frio realiza a série Show das Décadas Ponto Frio com seis grandes concertos gratuitos nas principais capitais do País, em comemoração aos 60 anos da marca, completados este ano.
Concebido pela agência carioca de marketing promocional Rio 360 Comunicação, que também organizou os shows da praia de Copacabana no último réveillon, o conceito é render uma homenagem às últimas seis décadas de música popular.
Serão reunidos grandes nomes da MPB em encontros históricos que escapam do repertório já conhecido dos artistas envolvidos. A série Show das Décadas Ponto Frio será aberta no Rio de Janeiro e tem expectativa de reunir 200 mil pessoas. Na seqüência, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte e Brasília.

27 agosto 2006

Na Prática

RECOMPENSA
(Fonte: Mercado Aberto/Folha de São paulo)
A Telefônica criou uma maneira de ampliar sua receita. A idéia é estimular o empreendedorismo dos funcionários. Batizado de "Projeto + Telefônica", o plano conta com 12% dos 8.000 funcionários e contabiliza R$ 60 milhões nos resultados operacionais da empresa. São 34 projetos em operação desde junho. Outros 53, com potencial de gerar até R$ 200 milhões, estão em análise. Os funcionários com projetos aproveitados foram premiados de acordo com o montante gerado por eles.

26 agosto 2006

É Notícia

MARKETING
(Fonte: Mercado Aberto/Folha de São paulo)
A diferença entre desenvolver marketing guiado pelo mercado e ser o próprio guia do mercado será abordada pelo professor australiano Gregory John Whitwell, Ph.D. da University of Melbourne, em uma série de palestras sobre planejamento na próxima terça-feira, em São Paulo. Os eventos acontecem na Fundação Getulio Vargas e na Business School São Paulo

25 agosto 2006

Agenda

Ano passado, tive a oportunidade de participar desse simpósio e recomendo. Palestrantes qualificados e interessantes, organização impecável e muito dinamismo resumem o evento.
Neste ano, o tema é de suma importância e está mais em destaque do que nunca. Atenção para a palestra de Sergio Borges Chaia, Diretor-Geral da Sodexho Pass do Brasil, que já assisti e, realmente, acrescenta muito ao nosso dia-a-dia.
Além disso, outros 17 profissionais de grandes empresas - como o Boticário, Embraer, CVRD, Basf entre outras - compartilharão sua experiência e sucesso com o público. Vale a pena!
Serviço:
Telefone: (21) 2549-4930

Na Prática

Vale do Rio Doce cria álbum de figurinhas corporativo
(Fonte: Jornal da comunicação)
A Companhia Vale do Rio Doce lançou um álbum de figurinhas corporativo para integrar empregados e familiares. A coletânea é a primeira do gênero a ser lançada por uma empresa. O álbum, distribuído gratuitamente aos funcionários para eles presentearem os filhos com cultura e entretenimento, é dividido por áreas de negócios da CVRD, explicando, com legendas, a complexa cadeia de mineração do país. As figurinhas são entregues, também gratuitamente, a cada quinze dias.
O projeto foi criado a partir de uma pesquisa que mostrou que os empregados gostariam de entender um pouco mais dos produtos e negócios da empresa. E as crianças, principalmente, queriam conhecer melhor o trabalho dos pais.

24 agosto 2006

Agenda

Imortais
A Academia Brasileira de Marketing realiza, de 28 a 30 de agosto, na ESPM, o III Fórum Anual de Tendências do Marketing. Durante o evento, que começa às 19hs, acontece a solenidade de posse oficial dos novos imortais da Academia.
Dentre eles estão: Agostinho Gaspar, presidente da Gaspar e Associados; Carlos Augusto Montenegro, Presidente do grupo IBOPE; Chieko Aoki, presidente da rede Blue Tree Hotels; Cristiana Arcangeli, presidente da Phytá Cosméticos; José Bonifácio de Oliveira Sobrinho (Boni), presidente da TV Vanguarda; José Victor Oliva, presidente do Banco de Eventos; Marcelo Cherto, Presidente do grupo Cherto e Nizan Guanaes, Presidente da agência Africa Propaganda
A Academia Brasileira de Marketing é uma iniciativa idealizada no final dos anos 90 e institucionalizada em março de 2004. Mais informações: (11) 3064-0064

23 agosto 2006

É Notícia

Há pouco tempo atrás, postei uma notícia (post de 03 de agosto) sobre a preocupação da Nasajon com o equilíbrio financeiro e, conseqüentemente, com a qualidade de vida de seus funcionários.
Exemplos como esse, de trabalho e dedicação por parte da empresa, já rendem frutos. Na semana passada, a Nasajon foi indicada na lista das 150 melhores empresas para trabalhar e também na 50 melhores empresas para mulher trabalhar. Prova de que ouvir e entender as necessidades dos funcionários pode ser um bom negócio para todo mundo.
Confira a matéria com os detalhes da premiação e a foto da equipe comercial da companhia feliz da vida com esse reconhecimento.
Nasajon na lista das melhores empresas para trabalhar
Nasajon Sistemas está entre “As 150 melhores empresas para você trabalhar” e “As 50 melhores empresas para mulher trabalhar” do Guia EXAME-VOCÊ S/A 2006. Ao todo, 502 empresas se inscreveram para participar do prêmio. Entre as 150 melhores apenas 12 são do estado do Rio de Janeiro, como é o caso da Nasajon.
A maior vantagem da empresa, citada pelo guia, é o reconhecimento do bom desempenho dos funcionários por meio de feedback da direção e de premiações em dinheiro. A pesquisa revela também que 85% dos colaboradores concordam que a empresa se preocupa com a qualidade de vida.
A cerimônia de premiação, que aconteceu no dia 15 de agosto, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, reuniu cerca de 1.500 pessoas em torno das vencedoras. Esta é a segunda vez que a Nasajon recebe o prêmio. Antes, a empresa havia se classificado em 2003.

22 agosto 2006

Na Prática

Droga Raia aproveita lançamento de revista e arrecada R$ 89,1 mil para ajudar projeto social
Em ação social, a Droga Raia já arrecadou R$ 89,1 mil. O montante é resultado das vendas da primeira edição da revista Idéia Plena. A empresa prevê angariar 50% a mais com o próximo número da publicação.
Foram 100 mil revistas colocadas à venda e 99 mil comercializadas – mais de 80% nos primeiros vinte dias. As unidades vendidas já renderam cerca de R$ 90 mil, valor que será destinado à construção de um centro médico na Casa dos Velhinhos de Ondina Lobo, sediada em São Paulo.
A revista Idéia Plena é publicação bimestral dirigida aos clientes da Droga Raia, vendida exclusivamente nas 140 filiais da rede localizadas nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná.

Agenda

Brasília sediará Congresso de Comunicação no Serviço Público em setembro
6º Congresso Brasileiro de Comunicação no Serviço Público já tem data e local definidos: ocorrerá de 12 a 14 de setembro no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, em Brasília.
O evento terá como tema central ‘’A Comunicação nos Três Poderes’’ e deverá reunir perto de 300 profissionais de todo o País. Serão, ao todo, cinco conferências magnas (uma delas internacional), 15 palestras temáticas e cinco visitas técnicas.
O convidado internacional é o alemão William Cox,presidente da Management & Excellence, agência européia pioneira no desenvolvimento de estudos relacionados com comportamentos éticos e governança corporativa. Ele falará sobre "O impacto da reputação no desenvolvimento de uma Nação" e vai apresentar também um estudo inédito mostrando como anda a reputação dos países da América Latina, incluindo o Brasil.
Serviço
As inscrições estão abertas e custam R$ 350,00 até 11/9.
Mais informações www.megabrasil.com, contato@megabrasil.com.br ou (11)5573-3627.

É Notícia

É um bom case para pensar como fica o clima organizacional e o profissional de comunicação interna num momento como esse. Além disso, vale uma relexão: é uma ação democrática da Volks?
Volks do ABC ameaçada
(Fonte Jornal da Globo)
A Volkswagen ameaçou hoje fechar a fábrica do ABC paulista, a maior da montadora no Brasil. Agora, para evitar demissões, os funcionários da unidade Anchieta têm que decidir se aceitam um plano de reestruturação proposto pela empresa.
Entre a cruz e a espada. Os funcionários da fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo, vão ter que decidir entre negociar com a Volkswagen um plano de reestruturação ou arriscar um futuro ainda mais incerto.
Em nota, a montadora afirmou nesta segunda-feira a necessidade de demitir 3.600 trabalhadores. Caso contrário, segundo a direção da empresa, a fábrica Anchieta não receberá novos modelos, e terá a produção reduzida para 300 a 400 carros por dia, no lugar dos mais de 900 que são produzidos hoje. E a montadora considera que só novos investimentos podem viabilizar a continuidade das operações.
A fábrica Anchieta é a mais antiga em operação no Brasil, e a maior unidade da Volkswagen. Tem 12.500 empregados. Já passou por vários momentos de crise. O último foi em 2001: 3.700 vagas foram fechadas. Depois de uma negociação na Alemanha, o sindicato conseguiu a recontratação de três mil trabalhadores e um acordo de estabilidade de cinco anos. O prazo termina em novembro deste ano, data marcada para as novas demissões.
O sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo não comentou a nota nem a proposta da Volkswagen. O presidente do sindicato, José Feijó considerou grave o anúncio da montadora e disse que a crise atinge vários países. Segundo ele, existem propostas de reestruturação em andamento na Alemanha, Espanha, Portugal e México.
A decisão dos funcionários da fábrica Anchieta vai ser tomada em assembléia, marcada para a tarde desta terça-feira.

21 agosto 2006

De Olho no Mercado

Assessor de Marketing
São Paulo/SP (Chácara Santo Antonio) - Consumer Electronics é líder mundial em televisores, aparelhos de som, monitores, aparelhos de telefonia fixa e acessórios. No Brasil, a divisão possui uma fábrica em Manaus (AM) e seleciona para seu quadro de funcionários Assessor de Marketing. Este deverá ter superior completo, experiência: mínimo de 5 anos de experiência em marketing de bens de consumo, preferncialmente do segmento de eletro-eletrônico. Vivência em multinacional de grande porte será considerado importante. Inglês fluente. Responsabilidades: planejamento de comunicação nos pontos de venda para a região América Latina, bem como realização de eventos nacionais e internacionais. Para se candidatar, clique aqui

Na Prática

Editora Globo lança Projeto Generosidade
Com o objetivo de mostrar à sociedade brasileira gestos exemplares de cidadania e incentivar mais pessoas a fazerem o mesmo, a Editora Globo lança em setembro o Projeto Generosidade, que divulgará ações de cunho social por um período de seis meses.
O projeto reúne as revistas Época, Quem, Marie Claire, Criativa, Crescer, Galileu, AutoEsporte e Globo Rural, que divulgarão reportagens, depoimentos, artigos e colunas de acordo com o perfil editorial de cada veículo. As matérias terão a mesma identidade visual e espaço predeterminado aos patrocinadores.
Após os seis meses de ação, haverá o Prêmio Editora Globo de Generosidade, que irá reconhecer o melhor trabalho realizado para a ajuda ao próximo. Na premiação, as matérias mais impactantes serão colocadas em um hotsite para votação dos internautas. As escolhidas serão premiadas em um grande evento ao final do Projeto, previsto para acontecer no primeiro semestre de 2007.

18 agosto 2006

Na Prática

Empresa ajuda funcionários a abrir negócios próprios
Para estimular demissões voluntária, a France Télécom já custeou cerca de mil projetos de seus empregados. A companhia já financiou um mágico, uma firma de mergulho na Martinica, e enviou um promissor barítono a uma escola de canto lírico. Ela também convenceu instituições da esfera pública, como escolas e o corpo de bombeiros, a absorver milhares de seus trabalhadores.
Se o empreendimento do funcionário quebra no prazo de três anos, ele pode voltar para a empresa. "É inacreditável o número de pizzarias e outras pequenas empresas que a France Télécom pariu ano passado", diz Olivier Barberot, vice-presidente de recursos humanos. Até aqui, o teste está dando certo. Segundo a empresa, só um em cada seis projetos afundaram desde o início do programa, três anos atrás. E a empresa pretende ampliar a iniciativa. Outras empresas francesas como a petrolífera Total SA, a farmacêutica Sanofi-Aventis SA e a Electricité de France SA, vêm testando essas abordagem.

Na Prática

Tigre e as 'Melhores Empresas para Trabalhar'
(Fonte: meio & Mensagem)
A Quadra Comunicação assina peças da campanha de oportunidade para comemorar a eleição da Tigre Tubos e Conexões, em 2006, pelo 9º ano consecutivo, como uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil, pesquisa das revistas Exame e Você S/A.
Com um plano de mídia que engloba anúncios para mídia impressa e outdoors, as peças destacam a satisfação do funcionário por trabalhar na empresa e buscam valorizar os trabalhadores no local onde atuam, com o título "Tigre. Nosso trabalho. Minha paixão".
A primeira etapa inclui a veiculação de anúncio na Revista Exame. A ação será complementada com mídia exterior nas cidades de Joinville/SC e Rio Claro/SP, onde a empresa tem fábricas, e peças para divulgação entre o público interno da companhia.

É Notícia

TUDO AZUL
(Fonte: Folha de São Paulo)
Por iniciativa de Ray Young, presidente da GM no Brasil e no Mercosul, hoje, os 21 mil funcionários da empresa vestirão uma camisa azul com o emblema "Eu sou GM". A ação é característica de Young. No ano passado ele criou o dia do "Muito Obrigado", e cumprimentou pessoalmente milhares de trabalhadores.

17 agosto 2006

Na Prática

Banco de Eventos cria ação para lançamento do Omo Progress Total
A Banco de Eventos, agência de marketing promocional e eventos, acaba de criar uma ação especial para o lançamento do novo Omo Progress Total, um dos produtos mais importantes do portifólio da Unilever.
Para promover a chegada do novo produto ao mercado, a Banco de Eventos planejou uma grande ação promocional que prevê duas betoneiras transformadas em grandes máquinas de lavar roupas brancas e coloridas - particularidade do novo produto, que serve para ambas as lavagens -, com bojos transparentes, ao vivo e a cores, que circularão por diversas praças do país: São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Porto Alegre, Curitiba e Distrito Federal.
As betoneiras da marca também serão responsáveis por captar doações de roupas para a Campanha do Agasalho - uma parceria de Omo Progress Total com o governo do Estado de São Paulo - finalizando a tradicional ajuda a instituições carentes. A marca lavou três toneladas de malhas de doação para a organização da campanha.

Dicas & Dicas

Gilda Fleury lança nova edição do livro Protocolo e Cerimonial
A relações públicas Gilda Fleury Meirelles está lançando a 3ª edição do livro Protocolo e Cerimonial – Normas, Ritos e Pompa, pela Ibradep Editora e Distribuidora de Livros e Publicações. Um dos temas inseridos nesta versão são as novas necessidades de comunicação pessoal e profissional trazidas pela globalização.
A publicação é fruto de pesquisas, vivência profissional, troca de informações e experiências profissionais com empresas e organizações públicas e participantes dos cursos da ABERJE e do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Comunicação, Capacitação Profissional e Empresarial (Ibradep). Além de palestras e conferências que a autora realiza desde 1986 no Brasil e exterior.

15 agosto 2006

Pesquisa

No trabalho, o importante é sentir-se bem.
Funcionários felizes estão melhores preparados para gerenciar relacionamentos no trabalho, stress e mudanças, de acordo com pesquisa do Gallup Management Journal.
Durante séculos, filósofos e intelectuais postularam que a maior meta dos seres humanos é ser feliz. E muitos pensadores sugeriram que a felicidade humana inclui elementos como autoconfiança, conforto material, saúde, realização profissional, suporte familiar e aceitação social. Empresas que compreendem as interligações entre o stress do funcionário com sua saúde e bem-estar podem ajudar seus funcionários a gerenciar o stress e encontrar o equilíbrio entre sua vida pessoal e profissional. Quando isto é posto em prática, a produtividade e o comprometimento melhoram, e muito.
O Papel dos Supervisores - O Gallup Management Journal avaliou trabalhadores norte-americanos para pesquisar sua percepção de como a felicidade e o bem-estar afetam seu desempenho no trabalho. Os pesquisadores da Gallup examinaram os fatores que mais influenciam os funcionários engajados (27% dos entrevistados) daqueles que não são engajados (59%) ou ativamente desengajados (14%).
Pesquisa anterior da Gallup – assim como resultados desta – mostra que os supervisores têm um papel crucial no bem-estar e no engajamento do funcionário. Quando os estrevistados eram questionados sobre a afirmação “Meu supervisor foca nos meus pontos fortes e características positivas”, 77% dos funcionários engajados concordaram plenamente com a afirmação. Apenas 23% dos não-engajados e 4% dos ativamente desengajados concordaram com tal afirmação. É importante ressaltar que nenhum dos funcionários engajados discordou da afirmação.
Estes dados indicam que um relacionamento positivo com o supervisor tem um efeito importante no engajamento do funcionário.
A Importância do Desafio - Quando os funcionários americanos foram questionados quão freqüentemente eles se sentem desafiados no trabalho, a maioria dos funcionários engajados (61%) disse que se sentem desafiados muito freqüentemente, enquanto 35% disseram se sentirem desafiados às vezes. Em contrapartida, apenas 49% dos desengajados e 24% dos ativamente desengajados disseram que se sentem desafiados com freqüência no trabalho, 39% dos desengajados e 42% dos ativamente desengajados se sentem desafiados ocasionalmente.
Mas se a maioria dos trabalhadores se sentir desafiada ocasionalmente ou muito freqüentemente, isso é bom ou ruim? Para verificar isso melhor, os entrevistados foram também questionandos com que freqüência eles se sentem frustados no trabalho. Aqui as diferenças são mais impressionantes. Quase 4 em cada 10 funcionários engajados (39%) disseram que raramente ou nunca se sentiram frustrados no trabalho, enquanto apenas 13% se sentem frustrados com freqüência. De outro lado, 6 em cada 10 funcionários ativamente desengajados e 26% dos desengajados disseram se sentir frustrados constantemente. Estas respostas sugerem que quando os funcionários engajados se sentem realmente desafiados no trabalho, eles vêem estes desafios de maneira muito mais positiva que os funcionários menos engajados.
Levando o Stress pra Casa - Para verificar a conexão entre felicidade no trabalho e felicidade fora do escritório, foi perguntado aos entrevistados quanto de felicidade eles vivenciam no trabalho. O constraste nas respostas dada pelos trabalhadores em cada grupo de engajados foi visível. Uma maioria expressiva dos engajados – 86% - disse que se sente freqüentemente feliz no ambiente de traballho. Entre os menos engajados, apenas 11% dos ativamente desengajados e 48% dos desengajados disseram que eles também se sentem felizes no trabalho.
Em resposta à pergunta "quanto de felicidade você diria que vem da sua vida profissional?”, 45% dos funcionários engajados disseram que uma boa parte de sua felicidade vem da vida profissional, contra apenas 19% dos desengajados e 8% dos ativamente desengajados. Estes dados sugerem que quase a maioria dos trabalhadores experimenta variações no grau de felicidade e bem-estar no trabalho, principalmente os trabalhadores engajados.
Os resultados do GMJ Employee Engagement Index mostram uma forte relação entre a felicidade do funcionário e o engajamento do local de trabalho. Funcionários felizes e engajados têm uma probabilidade muito maior de ter uma boa relação com seu chefe, são melhores preparados para novos desafios e mudanças, sentem que são melhores avaliados por seus empregadores, controlam melhor o stress e são muito mais satisfeitos com suas vidas.

Agenda

Encontro debate trabalho das fundações
Visando à conscientização sobre o verdadeiro papel das fundações e o trabalho que realizam no âmbito do Terceiro Setor, o Segundo Encontro Paulista de Fundações, promovido pela Associação Paulista de Fundações (APF), apresentará subsídios para orientação, esclarecimento de dúvidas e encaminhamento de sugestões relativas aos deveres e direitos dessas organizações.
O tema central será “Gestão de Fundações: o profissionalismo na sua essência”. A abertura ficará por conta do ministro Carlos Velloso, com a palestra Fundações: sua relevância e representação social. Durante a conferência serão apresentados, ainda, os painéis Governança corporativa aplicada às fundações, a proteção do patrimônio das fundações e a divergência setorial e a convergência social das fundações.
Já estão confirmados: Pedro Salomão José Kassab; coordenador do Centro de Estudos de Fundações e Entidades de Interesse Social (CEFEIS), Flávio Fava de Moraes; membro da Fundação Roberto Marinho, Nelson Savioli, coordenador do CAOT – Ministério Público de Minas Gerais, Tomáz de Aquino Resende, promotor de justiça de fundações do Ceará, dentre outros.
O evento é direcionado aos presidentes, conselheiros, diretores e executivos de fundações e empresas, profissionais liberais, estudiosos da área e demais interessados.
Serviço
Data e hora: 2 de setembro, das 08 às 18 horas
Local: Colégio Rio Branco, av Higienópolis, 996/3º andar, São Paulo.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail cerne@uol.com.br ou pelo telefone (11) 3812-4845.

14 agosto 2006

É Notícia

As 100 Melhores Empresas para Trabalhar na América Latina
(Fonte: www.revistamelhor.com.br)
Credibilidade, Respeito, Imparcialidade, Orgulho e Camaradagem. Estes são os conceitos utilizados pelo Great Place to Work Institute Brasil para identificar as melhores empresas para se trabalhar. As dimensões são baseadas em modelos de comportamento adotados pelas empresas.
Credibilidade, por exemplo, inclui comunicação e consulta aos funcionários sobre os planos da empresa. Respeito propõe condições adequadas de trabalho e reconhecimento pelos esforços dos funcionários. Imparcialidade prevê igualdade de oportunidades e ausência de discriminação, com participação nos resultados financeiros. Orgulho e Camaradagem tratam do relacionamento dos funcionários com a empresa e dos funcionários entre si, respectivamente.
Na apresentação dos resultados das pesquisas referentes à América Latina, 10 empresas se destacaram entre as 100 melhores, por marcarem presença nas listas de mais de quatro países: Mc Donald´s, Microsoft, Roche, Federal Express, Alcoa, Basf, 3M, Diageo, Procter & Gamble e SC Johnson & Son.
As pesquisas foram realizadas em 1.183 empresas de nove países (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Peru, Uruguai e Venezuela), com mais de 420 mil funcionários entrevistados e levando-se em consideração os resultados nacionais.

Ranking

Lista das 100 Melhores Empresas para se trabalhar na América Latina

3M - Argentina, Brasil, Chile e Peru

Accor - Brasil

AFP Bansander - Chile

Alcoa - Argentina, Brasil, Chile e Colombia

Almacenes Exito S.A. - Colômbia

Amanco Plastigama S.A. - Equador

American Express - Argentina e México

ArvinMeritor - Divisão de Veículos Comerciais - Brasil

BanChile Corretores de Seguros - Chile

Banco Real - Brasil

Banco Security - Chile

Basf - Argentina, Peru, Uruguai e Venezuela

Belcorp - Colômbia

Belgo - Brasil

Boehringer Ingelheim do Brasil Quimica e Farmaceutica Ltda - Brasil

Bristol - Brasil

British American Tobacco México - México

BV Financeira - BrasilC.A.

Cigarrera Bigott, Sucs. - Venezuela

Cadbury Adams - Colombia, Equador e Venezuela

Caterpillar - Brasil

Cetco - Peru

Citibank Colombia S.A. - Colômbia

Coats - Borborema - Brasil

Coca - Cola - Chile

Colgate-Palmolive - Argentina

Copachisa - México

Corporación Cormin - Peru

Credicard - Brasil

Deloitte & Touche Ltda. - Colômbia

Diageo - Argentina, Brasil, Colômbia e México

Didetexco S.A. - Colômbia

Dow Chile - Chile

DPaschoal - Brasil

Duke Energy Egenor - Peru

Dupont - Argentina

Ernst & Young - Peru

Factoring Security - Chile

Federal Express - Argentina, Brasil, Chile, México e Uruguai

Femsa - México

Financiera Compartamos - México

Fras Le S/A - Brasil

General Motors de México - México

Goodyear - Argentina e Colômbia

Grupo CentroFlora- Brasil

Grupo Ruba - México

Hewlett - Packard - Chile

Hipermercados Tottus - Peru

IBM del Perú - PeruInterbank - Peru

Interbolsa S.A. - Colômbia

J&V Resguardo - Peru

JW Marriott - México e Peru

Kimberly Clark - Colômbia e Peru Landis+GYR Equipamentos de Medição Ltda. - Brasil

Magazine Luiza - Brasil

Mall Plaza - ChileMarelli

Móveis para Escritório Ltda - Brasil

Mc Donald´s - Argentina, Chile, Colômbia, México, Uruguai e Venezuela

Merck C.A. - Equador

Merck Sharp & Dohme - Chile e Peru

Microsoft - Argentina, Brasil, Colômbia, México e Peru

Monsanto - Brasil

Móveis Gazin - Brasil

Multibrás da Amazônia S/A - Brasil

Natura Cosméticos - Brasil

Novo Nordisk - Argentina

Odebrecht Perú Ingeniería y Construcción - Peru

Orbitall - Brasil

Otecel S.A. (Telefónica Ecuador) - Equador

Owens Corning - Brasil

Petrobras Colombia Limited - Colômbia

Pormade - Brasil

Procter & Gamble - Argentina, Brasil, Chile e México

Productos Roche - Chile, Colômbia, Equador, México e Peru

Profuturo AFP - Peru

Promon - Brasil

Quala S.A - Colômbia

Randon - Brasil

Rohm & Haas Colombia S.A. - Colômbia

Santander Banefe - ChileSAP - Argentina e Chile

SAT - Brasil

Schering - Colômbia e Equador

SC Johnson & Son - Argentina, Chile, México e Venezuela

Scotiabank Inverlat - México

Serasa- Brasil

Sheraton Internacional Iguazú Resort - Argentina

Sofasa-Sociedad de fabricación de automotores S.A. - Colômbia

Spress Informática - Brasil

Telefónica Móviles Colombia S.A. - Colômbia

Thyssenkrupp Molas Ltda. - Divisão de Produtos Leves - Brasil

Tigre S/A - Brasil

Todeschini S/A Indústria e Comércio - Brasil

Transbank - Chile

Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo - Brasil

Volvo do Brasil Veículos Ltda. - Brasil

Wyeth - México e Venezuela

Yanbal Ecuador S.A. - Equador

Zanzini Móveis - Brasil

Agenda

Instituto Avon faz palestra gratuita sobre investimento social
“É possível disseminar práticas de responsabilidade social de forma clara e direcionada, proporcionando melhores retornos sobre os investimentos”. Esta é a opinião de Lírio Cipriani, diretor executivo do Instituto Avon, que ministrará palestra gratuita sobre o tema no dia 24 de agosto, às 18h30, durante o Conarh 2006 / Expo ABRH, dentro do Espaço Mulher, no Transamérica Expo Center.
Outros pontos a serem abordados são: dedicação integral, articulação, mobilização e conscientização. Aspectos que, segundo Cipriani, demandam tempo para serem bem-sucedidos. Os interessados em participar podem solicitar a credencial de visitante nos dias em que o evento acontece (22 a 25 de agosto) ou por meio do site do Conarh. Para mais informações (11) 3256-0455.

12 agosto 2006

É Notícia

Precisamos repensar nossa tendência a trabalhar com muita agilidade e pouca humanidade. Empresas são feitas por pessoas que, como nós, precisam de atenção, respeito e motivação. E o RH é a área mais indicada para encabeçar esse movimento nas empresas.

Rede de lojas britânica demite funcionária com mensagem de texto

Torpedo encerrou carreira de funcionária da rede varejista Blue Banana; empresa alega que tentou contato telefônico antes de enviar ´demissão´
LONDRES - A rede de lojas britânica Blue Banana resolveu aproveitar as facilidades da tecnologia celular para demitir uma funcionária de um modo novo: utilizando mensagens de texto. "Decidimos que as suas habilidades como vendedora não atingiram o nosso padrão. Assim, não necessitamos mais dos seus serviços. Você receberá seu último pagamento na sexta-feira, 28 de julho. Obrigado pelo tempo que passou conosco", foi a mensagem recebida por Katy Tanner, de 21 anos, quando estava em casa devido a uma forte dor de cabeça.
A jovem, que trabalhava na rede havia oito semanas recebendo cerca de sete euros por hora, não gostou da forma como foi demitida. "Não acho que é justo mandar apenas uma mensagem. Deveriam ter falado comigo pessoalmente. É muito impessoal e pouco profissional", disse Katy. A rede Blue Banana conta com nove lojas nas principais cidades do País de Gales e na parte sudoeste da Inglaterra e vende roupas alternativas, piercings e jóias.
Ian Besbie, diretor da rede, justificou o modo utilizado para despedir a jovem, dizendo que a geração atual se comunica por meio de mensagens de texto. "Somos um negócio jovem, e o nosso pessoal faz parte da geração que usa as mensagens de texto como principal meio de comunicação. Quisemos evitar que a senhorita Tanner tivesse o trabalho e a despesa de vir ao trabalho para depois voltar para casa. Preferimos falar com ela, mas seu celular estava desligado".
Segundo a jovem declarou à imprensa britânica, a rede de lojas é famosa pela troca freqüente do seu quadro de funcionários.

10 agosto 2006

De Olho no Mercado

Empresa de Grande Porte Contrata:
Coordenador Trade Marketing
Formação superior completa em Administração, Economia, MKT ou áreas afins;
inglês fluente.
ATIVIDADES:
relacionamento e suporte à força de vendas;
desenvolvimento de atividades de trade marketing;
controle e análise de informações sobre o mercado.
ATENÇÃO: Interessados devem cadastrar-se no site www.grupofoco.com.br vaga n° 123952

Dicas & Dicas

Novidade no mercado editorial
Chega ao mercado, a revista Segredo do Sucesso. Com periodicidade bimestral, a revista abordará as principais tendências e novidades do mundo corporativo.
A primeira edição traz como personagem principal o presidente e fundador do Aché Laboratórios, Victor Siaulys. Além disso, apresenta matérias como A imagem dos negócios, o marketing que conquista pela emoção e Terceiro Setor, as empresas investem como nunca nessa área.
Por enquanto, a Segredo do Sucesso só pode ser encontrada nas principais bancas de jornal das cidades de Guarulhos e São Paulo.

Dicas & Dicas

Liderar é preciso

Este livro é indicado não somente para os consultores internos da área de RH, mas princilpalmente para os profissionais que não atuam no RH, isto é, os executivos - presidentes, diretores, gerentes, consultores, empreendedores ou proprietários de pequenas ou médias empresas - que se propõem a ser gestores de pessoas em suas respectivas áreas de atividade - seja financeira, marketing, operações ou logística, tecnologia, staff, RH etc.

É também indicado para profissionais liberais - como engenheiros, médicos, advogados, contabilistas etc. - que empreendem um negócio e que dependem de equipes de talentos para sua consolidação e sucesso.O Sucesso do executivo moderno depende diretamente de sua competência em lidar com as pessoas - principalmente aquelas que formam a sua equipe de trabalho.

E o sucesso do negócio depende diretamente dos executivos que definem estratégias, fixam metas e objetivos e delegam decisões e ações para que suas equipes de trabalho façam o melhor trabalho possível. É nesse em que se produzem os melhores resultados empresariais.

Serviço:

1ª edição

Editora: Campus

Páginas: 335

Ano: 2004

05 agosto 2006

É Notícia

Comunicação corporativa cada vez mais importante nas empresas
A análise do mapeamento da área de Comunicação Corporativa, realizado pela Associação Brasileira de Anunciantes (ABA) e apresentado no VIII Fórum Internacional de Estratégias de Comunicação Corporativa no final do mês de julho, apontou crescimento na área de comunicação corporativa, quando comparado aos resultados levantados na enquete de 2002. A enquete foi respondida por 56 empresas associadas ABA.
Segundo a enquente, a área está sendo considerada mais estratégica, com aumento no reporte direto à presidência de 47% para 69% e aumento, também, no reporte à diretoriam que subiu de 47% para 52%. O número de membros na equipe é similar ao de 2002, porém percebido como maior em relação ao período mais recente. A verba anual está consolidada, sendo que 75% dos entrevistados apontaram orçamento acima de R$ 500 mil e 20% com verba acima de R$ 10 milhões.
O perfil dos principais gestores da área está também se definindo. Não há quase divisão entre gêneros: 50% são graduados em jornalismo, 76% fizeram pós-graduação ou MBA, e as idades estão na faixa entre 36 e 55 anos.Assessoria de imprensa, comunicação interna e ações próprias de responsabilidade social empresarial consomem mais de 70% do budget e das atenções da área. Responsabilidade Social é o fato novo, que não aparecia em 2002, e em alguns casos hoje até predomina.
O volume de terceirização de serviços também aumentou, destacando-se o crescimento de Assessoria de Imprensa, e o surgimento de Geração de Material Institucional e Geração e Coordenação de Eventos Internos, que antes ou não existiam ou eram internalizados.

04 agosto 2006

Responsabilidade Social

Nós podemos fazer a diferença! Vamos organizar comitês e campanhas em nossas empresas ou até mesmo fazr um trabalho solo. O importante é não ficar parado! Nós temos responsabilidade sobre o futuro do Brasil, vamos agir. Mais informações www.fazendodiferenca.org.br

03 agosto 2006

Na Prática

Nasajon ensina funcionários a cuidar das finanças
(Fonte: Nasajon)
As empresas competitivas já entenderam que seus funcionários são seres humanos e, por mais que a política de que “a vida pessoal deve ficar da porta para fora” seja adotada, a gestão de pessoas deve passar pela tão famosa qualidade de vida dentro e fora das empresas. Por isso, tentar amenizar os problemas dos colaboradores se tornou uma medida cada vez mais freqüente dentro do ambiente corporativo.
Na Nasajon Sistemas - empresa 100% nacional, que desenvolve e comercializa software integrado de gestão empresarial - dois diretores programaram uma palestra de duas horas abordando a questão do planejamento financeiro para orçamento familiar. Carlos Ferreira e Eduardo Nasajon concordam que trabalhar pensando em problemas financeiros diminui a concentração, acarretando uma queda de qualidade e de produtividade.
Para reduzir o problema, além da palestra, foi distribuído aos participantes, um exemplar gratuito do software Libro, de controle financeiro, desenvolvido pela Nasajon, especialmente para seus funcionários. A utilização do programa é simples e serve tanto para a administração doméstica quanto para a administração de uma pequena empresa, organizando com clareza o orçamento. Segundo Eduardo Nasajon, diretor técnico e comercial da empresa, a idéia do programa é contribuir para que uma pessoa não gaste mais do que recebe. Eduardo diz ainda, que o programa oferece a oportunidade de ver onde é possível cortar gastos.
A pedido de alguns funcionários, os idealizadores do projeto estão estudando a idéia de dar continuidade a este trabalho também por meio de acompanhamento psicológico. Aqueles que sentirem necessidade receberão orientações para dar mais um passo na busca de uma vida sem dívidas.
Para Carlos Ferreira, diretor de suporte, o resultado do projeto foi um sucesso: “Um número considerável de funcionários elogiou a iniciativa e pretende aplicar os conceitos rapidamente. Alguns disseram que aprenderam coisas novas com a palestra, outros, que sabiam como agir, acharam positivo reforçar a idéia”, conclui Carlos.
Com ações pouco convencionais a Nasajon busca a melhoria da qualidade de vida de seus colaboradores e do ambiente de trabalho em que atuam. Na empresa todos tem à disposição fisioterapeuta, psicóloga, sessões de ginástica laboral e uma sala para descanso, que ganhou o nome de Espaço Zen. Esses benefícios proporcionam bem-estar ao funcionário e, conseqüentemente, um aumento na produtividade da empresa.

Agenda

4º Seminário de Comunicação por Patrocínios e Cidadania Corporativa
Nos próximos dias 15 a 16 de agosto, das 8h às 18h, o mercado de comunicação e marketing discutirá os conceitos do patrocínio e da cidadania corporativa.
Com apresentação de casos, palestras e pesquisas, os objetivos do seminário são lançar técnicas, avaliar resultados, gerar questionamentos e apontar tendências sobre a comunicação institucional e mercadológica.
Serviço:
Centro Fecomercio de Eventos
Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - Bela Vista - São Paulo. Acesso: Avenida Nove de Julho
Inscrições e mais informações: www.comatitude.com.br contato@comatitude.com.br (11) 3292-4833.

02 agosto 2006

Na Prática

Rádio Corporativa: informação ao alcance de todos
(Fonte: Revista Melhor)
Integrar todo o time. Este é o objetivo da rádio corporativa da concessionária de rodovias Viapar, criada em abril deste ano, em Maringá, no Paraná. Trata-se de uma ação conjunta da diretoria com os departamentos de administração, recursos humanos, operações, informática e comunicação.
Diferentemente das rádios convencionais, que operam com transmissores, a Rádio Viapar tem caráter interno, fica sintonizada em diversos ambientes de uso comum (como refeitório, café, pátio de obras, portaria, oficina) e é transmitida, por meio de uma rede de fibra óptica, aos mais de 600 colaboradores, ao longo dos 546 quilômetros de concessão da companhia.
Da recepcionista ao gerente de recursos humanos, funcionários de variados cargos e setores participam tanto da produção quanto da apresentação da rádio -- que funciona 24 horas por dia e oferece uma programação variada, com músicas, boletins de notícias, dicas de saúde e o programa "meu setor é assim".
Além disso, os ouvintes podem participar com intervenções, como mandar um abraço, cumprimentar alguém pelo aniversário ou comemorar o nascimento de um filho.Segundo os coordenadores do projeto, o investimento inicial de cerca de 15 mil reais valeu a pena, pois a integração proporcionada pela rádio tem o melhor retorno que se poderia esperar: a participação ativa dos funcionários e a satisfação em ter um canal de comunicação realmente interativo.

Responsabilidade Social

Rede de hotéis ensina comunidade a aproveitar melhor alimentos
(Fonte: Canal Executivo)
A Rede de Hotéis Deville, que atua há 32 anos no Brasil e possui sede no Paraná, é um exemplo é um exemplo de empresa que usa a criatividade para contribuir com causas socias sem precisar de grandes investimentos. A empresa investe em vários programas que incluem, desde orientação de seus colaboradores e hóspedes para o uso racional de recursos naturais e conservação do meio ambiente, até ações com funcionários da rede diretamente nas comunidades carentes.
Em uma das ações educativas, a equipe nutricional da Rede Deville vai até essas comunidades para ensinar a utilizar integralmente os alimentos, com partes de frutas e verduras que normalmente são descartadas. "Em tempos de grandes desigualdades sociais e ameaças ambientais, a sociedade brasileira espera que as empresas cumpram um novo papel na sociedade, participando diretamente do processo de desenvolvimento da construção de uma sociedade melhor. Com um pouco de criatividade, conseguimos desempenhar este papel". explica Ana Zulmira Canet Krause, diretora de patrimônio da Rede Deville. Em poucos meses, a empresa já levou o Programa de Aproveitamento Integral dos Alimentos a mais de 100 famílias carentes em regiões do Paraná e Mato Grosso.
Em outra ação criativa do grupo hoteleiro, uma reforma do Hotel Deville Cuiabá, da capital do Mato Grosso, rendeu uma doação de mais de 900 itens, entre utensílios, roupas de cama e banho, além de peças doadas pelos próprios colaboradores do hotel para quatro entidades que atendem a idosos, crianças carentes e portadores de HIV. Em Guarulhos (SP), onde o hotel opera com a bandeira Marriott Internacional, várias entidades receberão cerca de 2.600 peças, entre lençóis, colchas, travesseiros, fronhas e colchas. Elas serão beneficiadas com a troca de camas e enxovais dos 312 apartamentos do hotel, que será um dos participantes da ação denominada New Bedding, realizada em 2.700 hotéis Marriott de todo o mundo.

01 agosto 2006

É Notícia

EMPRESAS TRADICIONAIS PERDEM FORÇA NO RANKING DAS MARCAS MAIS VALIOSAS DO MUNDO
(Fonte: Revista Amanhã)
Apesar de ser uma empresa jovem, o Google deixou pra trás tradicionais companhias no ranking global das marcas mais valiosas do mundo, realizado pela consultoria Interbrand em parceria com a revista BusinessWeek.
Ocupando a 24ª posição, o valor de marca da empresa, criada há pouco mais de três anos pelos jovens Larry Page e Sergey Brin, inflou 46% – hoje, vale US$ 12,3 bilhões. “O Google tem cuidado de forma brilhante de sua marca. Eles apostam num posicionamento ‘não corporativo’, se contrapondo a grandes redes como a Microsoft”, destaca Alejandro Pinedo, diretor da Interbrand no Brasil.
Para ele, dentro de pouco tempo, o portal de buscas mais popular do planeta terá condições de figurar na liderança de outros segmentos além do de internet. “A empresa tem conseguido adicionar valor aos seus produtos e serviços”, justifica. Por outro lado, marcas norte-americanas tradicionais perderam força na 20ª edição do ranking.
Confira:
* A grife GAP se desvalorizou 22% em relação ao ano passado, devido à falta de um posicionamento mais claro. Pinedo conta que a empresa passou a vender roupas para todos os gostos e estilos em vez de se manter fiel ao vestuário básico e de preços competitivos – e, por isso, perdeu valor.
* A Ford viu o valor de sua marca encolher 16%. Motivo? A falta de inovação. “O problema é que eles se apóiam muito na tradição da marca e investem menos em inovação do que suas concorrentes asiáticas e alemãs, que são muito mais arrojadas”, analisa Pinedo.
* A Kodak perdeu 12% de seu valor de marca. Com a concorrência da era digital, a empresa perdeu espaço e ainda luta para se adaptar à nova realidade.

Ranking

Colocação/Marca/Valor (US$)
1º Coca-Cola 67 bilhões
2º Microsoft 56,2 bilhões
3º IBM 56,2 bilhões
4º GE 48,9 bilhões
5º Intel 32,3 bilhões
6º Nokia 30,1 bilhões
7º Toyota 27,9 bilhões
8º Disney 27,8 bilhões
9º Mc Donald’s 27,5 bilhões
10º Mercedes 21,7 bilhões
Confira o ranking completo

Pesquisa

Intranet já é o principal veículo de comunicação interna nas empresas
Portais corporativos, via intranet, são ferramentas cada vez mais utilizadas por empresas que precisam de um canal direto de comunicação com seus funcionários. Muitos segmentos têm experimentado bons resultados e investido cada vez mais neste tipo de projeto, graças à facilidade no fluxo de informações que proporcionam e a melhoria nos processos e comunicação entre os departamentos da empresa. Bons exemplos são companhias como Natura e ABN AMRO Banco Real, que contam com projetos de intranets bem sofisticados. De acordo com a segunda edição da Pesquisa Sobre Comunicação Interna, realizada pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), por meio de seu instituto de pesquisa o Databerje, atualmente, 31,6% das empresas utilizam essa ferramenta como o principal veículo de comunicação interna. Ultrapassando jornais e revistas corporativas.Entretanto os murais, jornais e revistas internas não perdem sua importância, já que, em muitas empresas, nem todos os funcionários têm acesso a computadores na sua rotina de trabalho.
Empresas como a IBM têm em sua matriz somente a intranet como veiculo de comunicação interna. Esse meio pode ser acessado por membros de suas filiais e, freqüentemente, é utilizado para disponibilizar reuniões pela rede (“broadcast”), assistir a reuniões à distância, fazer cursos on-line, conversar com outros funcionários, encontrar informações personalizadas, questionar conteúdos, trocar experiência com outros profissionais por meio de blogs internos ou fóruns e participar de programas sociais.